Harmônicas Batalhas – Novas Peças

Adquira as inéditas camisetas “Harmônicas Batalhas” em  mais uma tiragem limitada na estação de outono 2012. Estarão sendo comercializadas peças inéditas na FREESTYLE SESSION BRAZIL 2012

Camisa HB Todas

Camisa HB Todas

FREESTYLE SESSION BRAZIL 2012

FREESTYLE SESSION BRAZIL 2012

Local: Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso – São Paulo/SP
Endereço: Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641. Vila Nova Cachoeirinha. Zona Norte. (ao lado do terminal Cachoeirinha)
Dias: 05 e 06 de Maio 2012
Horário: das 16:00hs as 21:00hs

DVD HBs

DVD HBs

DVD GCPP

DVD GCPP

DVD DQPE

DVD DQPE

Camiseta peças únicas e exclusivas (P,M e G) – R$ 30,00
Kit Harmônicas Batalhas(Camiseta + DVD) – R$ 50,00
DVD Harmônicas Batalhas – R$ 25,00
DVD Duplo Graffiti com Pipoca – R$ 30,00

Lembramos a tod@s que no dia 01/09/2012 teremos mais uma “HARMÔNICAS BATALHAS” no CEU BUTANTÃ aguradem maiores informações

Entre em contato e adquira a sua camiseta ou kit:
harmonicasbatalhas@gmail.com
rededaquebrada@gmail.com
@rededaquebrada

Saiba + sobre o FREESTYLE SESSION BRAZIL 2012  : http://www.freestylesessionbrazil.com/home
Saiba + sobre as Harmônicas Batalhas: http://ivoz.org.br/rededaquebrada

Agora é a Vez da Leste

A rede de produção cultural Da Quebrada pra Estrada chega mais uma vez à Zona Leste de São Paulo. Desta vez em parceria com a Rádio Konquix com a produção da “Toroká Arte Educação e Cultura”. Contamos com sua presença!

DQPE_ZonaLeste_2011

DQPE_ZonaLeste_2011

Carlos Eduardo Fagundes Maia

 Conhecido por Toroká, tem 26 anos e possui formações técnicas, em Multimeios e gestão de Projetos para o terceiro setor fornecida pelo Senac. O mesmo também possui uma carreira artista a qual já se estende por 13 anos de pura dedicação pela musica e 7 anos de dedicação pela arte educação. Atualmente é educador e produtor linguagem rádio em comunicação comunitária do Projeto Com Com: http://projetocomcom.wordpress.com/

Toroká

Toroká

Conheça um pouco mais de Toroká: http://radiokonquix.com.br/

Toroká colabora com a Rede DQPE desde 2006, com o trânsito entre todas as regiões da cidade DQPE ocupou o espaço do CEU São Mateus na Zona Leste de SP.

Já em 2008 por meio da articulação com coletivos de arte e cultura hip hop, foi local o CEU São Mateus das Harmônicas Batalhas.

Local: E.E.Vila Bela

Dia: Sábado, 03 de Dezembro· 9:00 – 17:00

Endereço: Travessa Terra Tombada, sn

JD DA CONQUISTA

Informações:
11 61108599(Toroká)/ Email: rededaquebrada@gmail.com/ Twitter: @rededaquebrada

Entrada Franca

Veja como tudo começou em 2006 no CEU São Mateus

Da Quebrada pra Estrada ZL / 2006 from iVoz on Vimeo.

Etapa Leste – Harmônicas Batalhas – Zona Leste

Harmônicas Batalhas – Etapa Leste from Harmônicas Batalhas on Vimeo.

Nesse Exato Momento DQPE Z/O

AULA ABERTA ESTÊNCIL

(CEU BUTANTÃ)

10:00 às 13:00hs

RENAN & IVI

AULA ABERTA DJ e DJ RESIDENTE

(CEU BUTANTÃ)

10:00 às 13:00hs

DJ ZULU CLÃ LESTE DJs

AULA ABERTA CAPOEIRA CIDADANIA

(CEU BUTANTÃ)

10:00 às 13:00hs

FORMADO – VALTER LUZ

AULA ABERTA BASQUETE E CIDADANIA

(CEU BUTANTÃ)

10:00 às 13:00hs

EDUCADOR – BOB CONTROVERSISTA

DQPE_Z/O

AULA ABERTA LEITURA DE RUA

(CEU BUTANTÃ)

10:00 às 13:00hs

EDUCADORES – ADRIANO ZANETTI & RICARDO BOAVENTURA

AULA ABERTA BREAK

(CEU BUTANTÃ)

EDUCADORES – MICHELLE FERREIRA & GRILO RODOLFO ALMEIDA

10:00 às 13:00hs

Harmônicas Batalhas


DA QUEBRADA – RÁDIO POSTE

(CEU BUTANTÃ)

10:00 às 13:00hs

EMTRANSEGENTE| CHAPA KID | JDR FUZÃO PERFEITA

PERFORMANCE ESCRITURAS DE GRAFFITI

(CEU BUTANTÃ e ESCOLA ALMEIDA JÚNIOR)

10:00 às 18:00hs

SOBERANA ZIZA | SOTAK | IMAGE | NILO | MAGROS | BOX | IZU | BRUNO LUCENA

MAURÍCIO FONSECA | W.L. | PATO | DOM | KEL GRAFFITI MPV CREW

BONÉ GRAFFITI | O’MEIRA | NIOB | RX

APRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS

(ESCOLA ALMEIDA JÚNIOR)

14:00 às 18:00hs

MCS RESIDENTES: ZERO ONZE | PEPO NUNES

RAP: $PERIFERIA E PORQUE NÃO$ | ZERO ONZE | PEPO NUNES | FUZÃO PERFEITA

BREAKDANCE: SUBURBAN BREAKERS

DA QUEBRADA + FESTIVAL DE ARTE E CULTURA + A CARA DA ESCOLA

Começaram as ações Da Quebrada pra Estrada – Zona Oeste

Após reunião de articulação com educadores, artistas e moradores da região oeste da cidade de São Paulo, realizada em Julho, o Projeto Da Quebrada Pra Estrada retoma suas ações, se preparando para o evento cultural que será realizado no dia 26/11/2011 no CEU Butantã e E.E. Alemida Jr.

Para estimular a colaboração e a divulgação das ações do evento, várias oficinas irão acontecer até esta data, são oficinas de Literacia Midiática e Cobertura Colaborativa, Estêncil e ações chamadas de ‘Divulga – Aulas’, que passaram por escolas da região para informar e promover a participação no evento.

Oficinas_DQPE_Z/O

A cidade de Embu das Artes, da região metropolitana de São Paulo, recebeu no Centro de Referência da Juventude ( http://goo.gl/SUiU1) a primeira oficina de Literacia Midiática e Cobertura Colaborativa, realizada com o grupo de comunicação e o grupo Vídeo – ECA, que desenvolvem atividades na CRJ desde 2010.

Na oficina os jovens conheceram um pouco mais da proposta de cobertura colaborativa que se realizara no evento e dialogaram, por meio de dinâmicas e de atividades educativas os temas centrais da literacia midiática, como o conceito de comunicação e mídia, o uso critico, o uso criativo e a cadeia produtiva da informação. Foi um grande sucesso, todos aproveitaram e também se divertiram muito!

Participe você também desse debate, acompanhe o perfil da Rede Da Quebra Pra Estrada no Facebbok: http://www.facebook.com/pages/Da-Quebrada-Pra-Estrada/1613221438896

No twitter: https://twitter.com/#!/rededaquebradae use a hashtag: #dqpezo

Além de comentar e apreciar as fotos de nossas atividades no Flickr: (http://www.flickr.com/photos/institutovoz)

Chegou a hora e a vez da Zona Oeste de São Paulo realizar sua festa!!!

No mês de novembro a Rede Da Quebrada Pra Estrada se prepara para reunir educação, comunicação e arte, tudo no mesmo evento!!!!

Será no dia 26 de novembro, sábado, no CEU Butantã e na E.E. Almeida Jr., que estão lado a lado na Av. Heitor Antônio Heiras Garcia, 1700, no Butanta.

A Rede Da Quebrada Pra Estrada tem sua trajetória na construção de ações de fortalecimento da cultura Hip Hop através de atividades de educação e troca de conhecimento, com a formação de novos artistas e multiplicadores da arte de rua e suas expressões.

DQPE_Z/O

Nesse ano começamos com oficinas de comunicação e divulgação, com jovens da rede pública de ensino, preparando o terreno para as oficinas que aconteceram no evento, lá no CEU Butanta e E.E. Almeida Jr.

Serão oficinas dos elementos da cultura Hip Hop, cobertura colaborativa e apresentações artisticas da melhor qualidade e grande mutirão de grafite, que além de reunir grandes grafiteiros, buscará promover a cultura de paz na escola E.E. Almeida Jr.

Participe você também dessa ação, acompanhe o perfil da Rede Da Quebra Pra Estrada no Facebbok: http://www.facebook.com/pages/Da-Quebrada-Pra-Estrada/161322143889651

e no twitter: https://twitter.com/#!/rededaquebradae use a hashtag: #dqpezo

Alem de comentar e apreciar as fotos de nossas atividades no Flickr: (http://www.flickr.com/photos/institutovoz)

 

Contamos com sua presença!

Local: CEU – Butantã e  E.E.PROF. ALMEIDA JUNIOR

Dia: Sábado, 19 de Novembro· 10:00 – 18:00

Endereço: Av. Eng. Heitor Antonio Eiras Garcia, 1700 e 1870

JD MARIA LUIZA

Informações: 11 75130248(André Gustavo) e 11 98405355(Guilherme) / Email: rededaquebrada@gmail.com/ Twitter: @rededaquebrada

Entrada: Franca

 

 

Desdobramento Revisitando DQPE – Zona Oeste.

O Encontro de Articulação Cultura da Zona Oeste, ocorrido no sábado 16 de Julho de 2011, no Parque Municipal Luís Carlos Prestes, foi um sucesso. Tivemos a presença de grandes amigos e colaboradores. Artistas, músicos, radialistas, professores e educadores, além de gestores de equipamentos públicos e a equipe de produção do IVoz, muitos deles moradores do entorno e de bairros próximos. Totalizando um público de 20 pessoas.

Durante o encontro, todos revisitaram o projeto Da Quebrada Pra Estrada Z/O, acompanhando a exibição de fotos e vídeos que contam uma parte da história e vivências do projeto, retomando trabalhos desde o ano de 2005. Após esse momento, repleto de falas significativas do articulador André Gustavo e de muitos comentários positivos dos presentes, partimos para uma etapa prática de elaboração de projetos, conduzida pelo articulador Guilherme Fioravante.

Em dinâmica de reconhecimento e aproximação de afinidades, todos apontaram sua área de atuação, dessa forma criando parcerias possíveis. Depois, formaram-se grupos de trabalho para construir sugestões para nosso evento, desse processo saíram ótimas ideias, que serão aprofundadas no próximo encontro de articulação cultural.

O envento foi finalizado com apresentação do MC Thiago Zero Onze, seguida de jam coletiva, com os convidados participando do som. Todo o evento foi registrado em fotografias por Fernando Américo e em vídeo por Guilherme Marin.

 Acessem Fotos do Encontro

  Flickr: http://www.flickr.com/photos/institutovoz/sets/72157627134307207/show/

  Facebook: http://www.facebook.com/media/set/?set=a.222018457837353.52337.100000876013777

Ensaio Aberto #EstaçãoGuetoCCPC #2

Os Grupos: NusCorre, E-Mortais, Zoio MC, DNA de Vagabundo, Réu & Russo ML e Jairo Periafricania, convidam todos para a 2ª edição do Ensaio Aberto #EstaçãoGuetoCCPC, projeto realizado pelo MH2R (Movimento Hip-Hop Revolucionario), com apoio do Festival Reviva Rap e varios outros parceiros.

A parada será domingo dia 15/05 a partir das 17hs. Rua General Jardim, 269 – Republica – Entrada Franca

O projeto #EstaçãoGuetoCCPC visa em seu desenvolvimento possibilitar espaço para que Bandas, Grupos, Posses, Crew’s, Djs, B.Boys, Lokers, Poppers, Escritores de Graffiti e Coletivos organizados tenham a sua disposição um espaço com toda infra necessária para ensaios e exposição de seus produtos.

Buscamos com esta iniciativa fomentar a potencialização dos muitos potenciais existentes e com isso criar coletivamente situações de geração de trabalho e renda à cena que faz a Cultura Independente, objetivando a multiplicação de espaços e iniciativas como esta nas regiões mais afastadas do centro babilônico de São Paulo.

O projeto #estaçãoGuetoCCPC traz em seu escopo varios diferenciais, os mesmos buscam em seu tramite trabalhar o velho/novo conceito de colaboratividade, onde formamos uma equipe multi-mídia para disponibilizar para a rede (Internet) os materiais e produtos desenvolvidos pelos participantes do projeto, estamos contanto com uma cobertura colaborativa onde filmamos, editamos e postamos os videos das apresentações, alem da produção de conteúdo nas plataformas twitter, Facebook, Orkut, etc, o objetivo desta cobertura é divulgar os trabalhos e potenciais alocados naquele momento e evidenciar suas potencialidades na perspectiva da geração de trabalhos e renda como desdobramento à sua participação.

Domingo 15 de maio de 2011teremos os segundo momento do projeto Estação Gueto no espaço CCPC Rua: General Jardim nº 269 próximo a estação do metro Republica.

Entrada Franca

Vejam os primeiros videos postados no youtube – http://va.mu/CvG

Realização: Radio Konquix, Posse MH2R, Rede da Quebrada Pra Estrada, Audacia e iVoz

Coordenação e organização @Toroka7, @Bobcontroversia, @MCZerOnze e @Randneto

RemiX

No (19/11), a partir das 7h, prossegue série de eventos deste segundo semestre com uma edição do projeto Da Quebrada Pra Estrada na Escola Estadual Emídio de Barros e Escola Estadual Architiclino Santos. 

As ações contaram com oficinas, exposição fotográfica, projeções de vídeos e apresentações artísticas como parte integrante das ações do Ponto de Cultura – Rede iVoz: Arte Urbana e Literacia Midiática, conveniado junto à Secretaria de Estado da Cultura para o triênio 2010-2012.

Valeu a tod@s que contribuíram na realização: Arte Educador Fanzine e Professor André Gustavo, Guilherme Fioravante, Bertão, Bboy Grilo, MC Troroká Maia, Graffiteiro Box, Professor e Capoeirista Valter Luz; aos grupos de dança The Cats e D’responsa e Professorad@, direção e toda gestão das Escolas Emídio de Barros e Architiclino Santos. Trabalho Coletivamente Construído abaixo um REMIX da produção literária do fanzine.

EDITORIAL

A escola Emygdio de Barros iniciou, no dia de hoje, atividades relacionadas ao Dia da Consciência Negra. Essas atividades estão sendo realizadas por meio de documentários e oficinas de capoeira, break, fanzine e MCs .

O documentário “Preto contra Branco” discutiu um encontro futebolístico que acontece todo o final de ano na comunidade de Heliópolis, zona sul de São Paulo. Esse jogo é uma tradição e por isso todos levam muito a sério, se doando completamente, mas também brincando muito. É disputado em várias categorias divididas por idade, sempre Brancos contra Negros.

No aspecto das projeções fora visto trabalho de intercâmbio cultural apresentado pelo educador de fanzine e professor de sociologia André Gustavo, no projeto que participa Interconexões Humanas.

Na capoeira, os alunos fizeram uma exibição dessa arte marcial negra e foram orientados pelos professores Walter Luz e Jorge.

Já a oficina de Mc’s, os professores falam de todos os elementos da cultura hip hop: MC, Break Dj, Graffiti e o conhecimento. Fizemos também entrevistas com alunos que estavam presentes nesse evento.

O fanzine é basicamente um tipo de publicação feita e circula por poucas pessoas de cunho independente. Os participantes contam tudo que está ocorrendo no evento seja por internet “Cobertura Colaborativa” ou pelo modo mais tradicional que é são publicações escritas e que serão impressas e distribuídas futuramente na comunidade escolar. Boa leitura!

CAPOEIRA


Hoje 19 de novembro, ocorre evento na escola em que uma das atividades é aprender capoeira.

Capoeira: Com relação a Consciência Negra a capoeira consiste na luta e na dança. Os praticantes exibem a cultura negra com movimentos acrobáticos e sempre acompanhados com musicas típicas.

-Entrevista com Valter Luz (Educador)

(Entrevistador) Em sua opinião, como é a capoeira e seus princípios?

(Valter Luz) “A capoeira é uma semente africana que foi plantada em território brasileiro. Um jogo e não uma luta praticada em uma roda de união.”

-Entrevista com os Educandos

(Entrevistador) O que você achou da oficina de capoeira?

(Willyan) Foi boa, foi criativa, deu rendimento e teve conteúdo.

(Joana) Legal, foi minha primeira vez, mais pessoas podiam fazer, porem cansativa. Teve conteúdo.


MC

Essa oficina discute todos os tipos de MCs, Break , DJs e grafites. Foi entrevistado o aluno Pedro Henrique que disse que achou bem legal e interessante o trabalho do professor porque ele esta falando da cultura hip-hop, uma manifestação negra que nasceu nas ruas e envolve música, dança e filosofia de vida.

Para a cultura negra, o hip-hop foi muito importante, por que muitas pessoas são racistas e não aceitam os negros, então eles se voltaram para a dança, artes plásticas, poesia e musicalidade e encontraram forma de resistência e conseguiram muita coisa.

O Mc pode compor, interpretar, fazer arte e educa o seu público, além de trabalhar de produtor apresentador e escritor.

Diálogos com o Educador e MC TOROKÁ.


VÍDEOS

1) O que você acha que esse documentário vai influenciar para quem assistiu?

Prof.ª Sueli: “Eu acho esclarecedor, e faz com que as pessoas tenham uma opinião melhor de si, relacionado ao preconceito”.

Natalia Kaiser 1°A: “Irá servir para conscientizar as pessoas sobre o preconceito que todos nós temos”.

2) O que você está achando do documentário?

Samara 1°A: “Legal. Porque ele fala do preconceito na vida das pessoas”.

Bruna 1°B: “Interessante, porque mostra que todos nós temos preconceito, mas ninguém é melhor que ninguém”.

Prof. Wellington: “Estou gostando, porque mostra os meninos negros e brancos na periferia jogando futebol, sem nenhum preconceito

BREAK

A oficina de break está sendo ministrada pelo professor Rodolfo, que tem como apelido “grilo”.

1-Qual o objetivo da oficina de break?

Rodolfo:o objetivo é levar a cultura da dança a comunidade carente,e também crescer a cultura hip-hop.

2-Sobre o break?

Rodolfo: O break é a mistura de todas as danças, nasceu em 1973, nasceu nos Estados Unidos, na cidade de Brooklin

3-As pessoas que dança break é o que?

Rodolfo: os meninos são B.boy e as meninas B.girl.

4-Qual tipo de música o break envolve?

Rodolfo: as músicas envolvidas são undergrund, breakbit, Salsa etc.

O que você ta achando da turma?

5- Rodolfo: Os alunos são legais interessados

Qual o seu objetivo com essa turma hoje?

Rodolfo: iniciar alguns passos, pois eles ainda são iniciantes, caso eles se interessem na dança eles poderão aprender giros e saltos ao passar do tempo.

6-VOCÊ E O BREAK?

Rodolfo: A quatro anos eu danço break,foi por meu interesse,já me apresentei no SBT “no quadro se ela dança eu danço”, no programa “manos e minas” na cultura, na bienal de cultura no “Parque Ibirapuera”.

Convidamos a tod@s para as Harmônicas Batalhas no CCJ em breve divulgação com o nome as Crews.